26 de set de 2010

OUTRAS FORMAS USADAS POR PEDÓFILOS PARA PRÁTICA DO CRIME

Menino de 11 anos era usado para aliciar meninas em rede de pedofilia em Pernambuco




17/09 às 15h43 Leonardo Guandeline, 

Globope360graus.com

RECIFE - Seis homens - entre eles dois idosos de 82 anos - foram presos no distrito de Uruçu-Mirim, em Gravatá, agreste de Pernambuco, acusados de integrar uma rede de pedofilia.

Segundo a polícia, um menino de 11 anos era usado pelos integrantes da rede para aliciar garotas entre 10 e 15 anos da comunidade e marcar os encontros.

Pelo menos sete delas teriam sido violentadas.

Uma das vítimas, de 13 anos, está grávida.

Outra é neta de um dos idosos presos.

Os nomes dos seis não foram revelados pela polícia.

Além dos dois idosos, foram presos dois homens, de 62 e 57 anos, e dois jovens, de 22 e 23 anos.

- Ele (o menino) intermediou, muitas vezes, os contatos.

Por dinheiro, também, já que recebia uns trocados.

Elas (as crianças) se submetiam a isso, mas essa vontade é relativa.

Para a lei, elas não têm esse discernimento - disse a delegada Alessandra Brito, que ressaltou que o menino de 11 anos também é considerado vítima do grupo.

A Polícia Civil investigou o grupo por três meses, após uma denúncia do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Gravatá.

Os seis acusdados foram detidos na quarta-feira, após a Justiça decretar prisão temporária deles.



As meninas passaram por exames sexológicos no Instituto Médico Legal (IML) de Caruaru e foram entregues posteriormente aos pais, a exemplo do menino de 11 anos.

A polícia vai ouvir parentes das vítimas a partir da próxima semana e investigar se mais pessoas fazem parte da rede de pedofilia.

- Esses encontros que elas tinham eram com pessoas da região.

Nós pretendemos ouvir os familiares dessas meninas e outras testemunhas para chegar a todos os envolvidos - disse a delegada.

Segundo a polícia o número de meninas vítimas da rede de pedofilia pode chegar a 12.

De acordo com as investigações, a rede agia em Gravatá há pelo menos um ano.

Os acusados devem responder por estupro de vulnerável.

Os seis foram levados para a cadeia pública de Vitória de Santo Antão.

\/
FONTE
\/
http://moglobo.globo.com/integra.asp?txtUrl=/cidades/mat/2010/09/17/menino-de-11-anos-era-usado-para-aliciar-meninas-em-rede-de-pedofilia-em-pernambuco-917655870.asp







...............................






Reclusos faziam filmes pedófilos dentro de prisão

Conheciam vítimas pelas redes sociais e após conseguirem informações pessoais faziam chantagem.
As autoridades do Paraguai descobriram filmes de conteúdo pedófilo dentro de um computador de um estabelecimento prisional.

Os filmes foram gravados e feitos por reclusos no interior da prisão.

O director da penitenciária de Tacumbú foi entretanto suspenso e o caso está a ser investigado.

A notícia é avançada pela agência Reuters.

Segundo o Ministério Público do Paraguai pelo menos dois reclusos participaram nos filmes.

Conheceram as vítimas, todas do sexo feminino e menores, nas redes sociais e após descobrirem factos da sua vida pessoal faziam chantagem para as obrigar a ir à prisão visitá-los.

Era então que faziam os filmes.

Tudo foi descoberto devido a uma denúncia anónima.

Além dos dois reclusos já identificados, as autoridades também suspeitem de um homem que está agora em liberdade condicional.

FONTE
\/
http://diario.iol.pt/internacional/pedofilia-prisao-reclusos-paraguai-pornografia-tvi24/1192727-4073.html



...............................






Homem ameaça garotos de estupro pelo celular

A perseguição começou há três dias por meio de ligações nos celulares dos garotos, que têm entre 12 e 13 anos.

24/09/2010


\/


Três adolescentes do bairro Residencial Parque São Bento, em Campinas, passaram a ser alvos de um homem que ameaça estuprá-los.

A perseguição começou há três dias por meio de ligações nos celulares dos garotos, que têm entre 12 e 13 anos.

O primeiro contato aconteceu na última terça-feira .

Já anteontem, foram nove ligações, sempre com conteúdo pornográfico e ameaças de estupro contra os meninos.

As mães e os próprios menores passaram a viver em clima de terror.

A empregada doméstica I.B., de 36 anos, disse que não consegue mais ficar sossegada no trabalho.

“São crianças e estão com muito medo”, disse.

As famílias não sabem como o homem conseguiu os números dos celulares das vítimas.

“Ligamos algumas vezes de volta para tentar descobrir quem está do outro lado da linha, mas cada hora ele dá um nome”, comentou a mãe, que vai registrar um boletim de ocorrência na polícia.



As famílias suspeitam de um homem que rondou o bairro várias vezes, num Uno branco.

Ele teria observado os meninos em um campinho de futebol próximo, além de circular perto das casas, sempre de óculos escuro e celular na mão.

“Penso até em tirar meu filho daqui, mandar para casa de parentes por medo”, disse a mãe.

Segundo parentes, o suspeito já teria até jogado o carro em cima de um dos meninos.

Eles, agora, são levados pelos familiares para a escola.

FONTE
\/
http://cosmo.uol.com.br/noticia/63489/2010-09-24/homem-ameaca-garotos-de-estupro-pelo-celular.html




Nenhum comentário: